Renovação das Certificações MOVE+ do Grupo AdP

A iniciativa MOVE+, da ADENE, contribui para a transição energética e para uma mobilidade mais sustentável e limpa, o que é fulcral para Portugal alcançar a neutralidade carbónica em 2050, e para se atingir este objetivo o setor dos transportes terá de reduzir em 98% as suas emissões de CO2. Em Portugal, o setor dos transportes representa 37% do consumo de energia final e 25% das emissões totais de CO2. Neste caminho, a meta de 35% de eficiência energética e de 40% de redução de emissões de CO2 nos transportes, estabelecidas no Plano Nacional de Energia e Clima 2030, representam igualmente oportunidades para a eficiência na mobilidade.

Num dos planos de neutralidade carbónica mais ambiciosos do país, o do Grupo Águas de Portugal (AdP), a certificação é vista como uma ferramenta orientadora e mobilizadora dos recursos internos para acelerar a transição energética da sua frota de ligeiros. Durante o mês de março e abril irão ocorrer as renovações dos certificados MOVE+ das frotas de ligeiros das 13 empresas do Grupo AdP.

 


 

Um dos principais dinamizadores da iniciativa MOVE+ no Grupo AdP é o Martins Soares, que deixa o seu testemunho:

Martins Soares - Administrador do Grupos AdP

Atento às metas ambiciosas que o país fixou, o Grupo AdP definiu como um dos seus objetivos a certificação energética da frota das suas empresas a alcançar até ao final de 2020, de forma a analisar e a melhorar as práticas adotadas na gestão das viaturas, no desempenho dos condutores, na otimização dos consumos e nos cuidados com a manutenção.

Para isso, em colaboração com a ADENE participou ativamente no seu projeto-piloto de certificação energética da frota, procurando sustentar uma mobilidade eficiente para a transição energética.

Ao fim de um ano, a certificação energética de frotas permitiu assegurar:

  • Demonstrar, de forma simples e clara, o seu empenho em reduzir a pegada ecológica da frota;
  • Contribuir ativamente para a redução de emissões de CO2 resultado da sua frota;
  • Aproveitar as oportunidades na otimização de custos (combustível, etc.) e reduzir emissões de CO2;
  • Melhorar a forma de aquisição da sua frota, dando relevância à eficiência energética e ambiental das viaturas;
  • Motivar colaboradores(as), clientes, fornecedores e parceiros para uma mobilidade mais sustentável.

O projeto relativo à frota da AdP contemplava ainda, em 2020, o desenvolvimento de formação específica para constituir um grupo de Gestores de Frota MOVE+ e/ ou de Auditores MOVE+, dotando as empresas com recursos e competências para uma gestão ainda mais eficaz e eficiente da frota. Pela situação pandémica em que o país está envolvido, essas ações irão concluir-se no primeiro trimestre de 2021.

 


 

Para além do Grupo AdP, é também de destacar outras organizações que apostaram na certificação MOVE+ como ferramenta de diagnóstico e motivação para a melhoria da eficiência e transição energética na mobilidade: SONAEMC, WORTEN, FASHION, HELEXIA, INFRAMOURA, EFACEC  e a Câmara Municipal de Lisboa. Em parceria com a Fleet Magazine, a ADENE distinguiu a frota de ligeiros do Grupo EDP com o Prémio Frota Verde 2020, estando prevista a certificação MOVE+ da mesma durante o mês de março.

Pode acompanhar esta iniciativa de perto em www.movemais.pt ou contactar-nos através do email movemais@adene.pt.

Share on facebook
Facebook
Share on twitter
Twitter
Share on linkedin
LinkedIn
Share on email
Email